Páginas

Estilos de nado - visão geral



Os oceanos, rios e lagos da Terra estão cheios de nadadores perfeitos. Você pode pensar imediatamente em peixes, golfinhos ou baleias. Claro, tartarugas marinhas, pinguins e lontras também são bons nadadores. Mas apenas um animal na Terra transformou a natação em um esporte competitivo: os humanos.

Você já assistiu ou participou de uma competição de natação? Se sim, você sabe que cada evento é dedicado a um estilo de natação específico.


A natação pode ser aprendida para competição, exercício, autoaperfeiçoamento ou sobrevivência. Para nadar em qualquer corpo d'água, é preciso primeiro entender os diferentes estilos de nado.



ESTILOS DE NATAÇÃO


Nado livre 




 O nado livre, também conhecido como crawl, é o tipo de natação mais rápido e eficiente em que uma pessoa nada com o corpo reto e avança na água. Além disso, é a forma mais popular de natação, pois todo iniciante começa com o nado livre e progride para outros métodos. As distâncias em competições de nado livre geralmente variam de 50 metros a 1500 metros. Em relação às vantagens, os especialistas em natação defendem começar com o estilo livre, pois proporciona um exercício completo para o corpo e permite que uma pessoa percorra uma distância maior com menos gasto de energia.


Nível de dificuldade: Fácil


Ao nadar este estilo, seu corpo estará em uma posição de bruços e de frente para a água. Seus braços e pernas puxarão você pela água, enquanto seu tronco permanece estável. Seus braços se moverão de forma alternada. Um braço se arqueará para fora da água enquanto o outro estará em movimento descendente, próximo ao seu torso na água. Cada braço voltará a entrar na água em um ângulo, os dedos esticados e juntos, para minimizar a resistência.

Enquanto seus braços puxam você para frente através da água, suas pernas também estarão trabalhando duro. Você usará o chute de vibração para completar a técnica do estilo livre. O chute de vibração é alcançado movendo constantemente as pernas em um movimento firme e semelhante a uma tesoura sob a água. Seus joelhos dobrarão levemente, mas suas pernas permanecerão relativamente paralelas à superfície abaixo de você o tempo todo. Você pode ajustar o número de chutes por ciclo completo de movimento do braço, dependendo da rapidez com que deseja nadar. Suas pernas são uma parte importante do estilo livre, mas lembre-se de que elas fornecem apenas cerca  de 10% de propulsão  nos corpos de nadadores experientes.

O nado livre exige que você coloque o rosto na água. Depois de se acostumar a colocar o rosto na água, adicionar respiração aos ciclos de nado livre é relativamente fácil. Enquanto um braço balança para cima e para fora da água, você simplesmente vira o rosto para o lado e respira. À medida que o braço desce, abaixe o rosto de volta para a água. Alguns nadadores alternam os lados quando se trata de respirar, enquanto outros ficam de um lado.




Benefícios  

  • É o estilo de natação mais rápido e eficaz.
  • Ele permite que os nadadores percorram longas distâncias com muito pouca energia.
  • O nado livre também ajuda a construir músculos e resistência.
  • Dá ao seu corpo um treino completo.
  • Você pode queimar centenas de calorias em meia hora.


Desvantagens

  • Não é um estilo suave para dominar.
  • A coordenação entre a respiração e os movimentos é necessária e difícil para iniciantes.


Nado Costas 




 Ao contrário da maioria dos outros estilos de natação, seu rosto não estará na água durante o nado costas.

É o único dos quatro estilos principais que, como o nome indica, é nadado de costas.

O nado costas é o terceiro mais rápido entre os quatro - mais rápido que o peito, mais lento que o borboleta.



Nível de dificuldade: Médio


O nado costas é como quase a imagem espelhada do estilo livre. Em vez de ficar de bruços, o seu corpo ficará virado para cima na água. Você permanecerá nessa posição horizontal, olhando para cima, enquanto move os braços e as pernas. 

Seus braços o impulsionarão para frente com um movimento de moinho de vento. Um braço sairá da água e passará por cima, enquanto o outro avança abaixo de você na água. Você se moverá alternando esse movimento - um braço sobe e o outro desce. 
Mantenha os braços perto das orelhas enquanto eles voltam para a água. Além disso, você deve manter os braços os mais retos possível e os dedos próximos para minimizar a resistência. Tente evitar que seus quadris caiam na água, isso poderá diminuir seu impulso para a frente.

À medida que seus braços puxam você pela água, suas pernas estarão usando o mesmo chute de vibração realizado durante o estilo livre. 
Suas pernas estarão levemente dobradas enquanto você chuta em uma enxurrada de movimentos alternados. Você pode decidir sobre a frequência dos chutes, dependendo de quão rápido você deseja se mover.

A beleza do nado costas é que você só precisa se concentrar nos movimentos do braço e da perna. Não há nenhuma técnica de respiração para se preocupar porque seu rosto está sempre acima da água.




Benefícios  

  • Durante o nado costas, você precisa se concentrar apenas nos movimentos das mãos e das pernas, pois seu rosto estará fora da água voltado para cima.
  • Você pode queimar cerca de 250 calorias em 30 minutos.
  • Ajuda a fortalecer os músculos do core e aumenta a flexibilidade do quadril.
  • Melhora sua postura.

Desvantagens

  • Como este estilo é realizado de costas, muitos se sentem desconfortáveis ​​por não saberem o que está acontecendo.


Nado Peito 




Entre todos os diferentes estilos de natação, o nado peito é o mais popular. 
O corpo do nadador fica de frente para a água enquanto sua cabeça está erguida. Como resultado, a respiração é simples. 
De todos os estilos de natação, muitos iniciantes e nadadores casuais preferem o nado peito. 
O nado peito é o nado mais lento.
S
e você está procurando uma maneira divertida de nadar, opte pelo nado peito. 


Nível de dificuldade: Fácil


Assim como o estilo livre, o nado peito envolve movimentos separados para braços e pernas. Seu corpo fica na mesma posição horizontal que fica durante o estilo livre, mas você usará movimentos diferentes para se impulsionar pela água. Seus braços se unirão ao mesmo tempo em um movimento semicircular sob a água. Seus braços se separarão e depois se juntarão novamente em direção ao peito, permanecendo debaixo d'água durante todo o tempo em que você nadar.

À medida que seus braços se movem nesse ritmo, suas pernas estarão ocupadas empurrando você para a frente com uma técnica conhecida como chute de chicote ou chute de sapo. Ao executar este chute, suas pernas devem estar atrás de você aproximadamente na distância do quadril. Com os joelhos dobrados e os pés flexionados, afaste as pernas e, em seguida, junte-as novamente para formar uma linha suave. Repita este movimento em conjunto com o movimento do braço. O ritmo ideal permite que seus braços descansem enquanto você chuta e vice-versa.

A parte final do nado peito é a sua respiração. É possível completar os movimentos de braços e pernas desta braçada com a cabeça completamente acima da água. Se você quiser adicionar a técnica de respiração para completar a braçada, você abaixará a cabeça sob a água a cada ciclo da braçada. Use os ombros para levantar a cabeça da água e respire. À medida que seus braços avançam na água, os ombros caem e colocam a cabeça sob a água mais uma vez.





Benefícios  

  • É considerado o estilo mais confortável para que você possa se concentrar nos movimentos sem muita preocupação.
  • Com meia hora de nado peito, você pode queimar cerca de 200 calorias.
  • Ajuda a tonificar os músculos do peito e isquiotibiais e é considerado um bom treino cárdio.

Desvantagens

  • O nado peito pode ser um pouco lento para pessoas que preferem formas mais rápidas de nadar.


Nado Borboleta 



De todos os diferentes estilos de nado, o borboleta é provavelmente o mais desafiador. 

O nado borboleta requer muita força e coordenação que leva tempo para se desenvolver. 


Devido ao puxão/empurrão simultâneo de braços e pernas, o nado borboleta é mais rápido no estágio de pico do que o estilo livre. Durante o período de recuperação, no entanto, o ritmo diminui. 
Como resultado, o nado borboleta torna-se uma técnica geral de natação mais lenta. 

O
 estilo  mais difícil da natação, de acordo com especialistas, também é o melhor para aperfeiçoar o condicionamento corporal e o fortalecimento muscular.


Nível de dificuldade: Difícil


O nado borboleta é nomeado assim pela forma como os braços do nadador se movem enquanto nadam neste estilo. Seus braços se arqueiam para cima e para fora da água juntos, parecendo um par de asas. Seu corpo está na mesma posição horizontal exigida  pelo nado livre e nado peito. Você começa colocando os braços à sua frente, os polegares voltados para baixo em direção à água. Os braços deslizam para baixo e para fora com os cotovelos levemente dobrados. Seus braços devem  ficar em forma de Y na frente do seu corpo. Puxe os braços para trás através da água, paralelos ao corpo. Em seguida, você os puxará de volta para fora da água e começará o ciclo novamente.

À medida que seus braços se movem por esse ciclo, suas pernas estarão continuamente se movendo usando uma técnica conhecida como chute de golfinho. Durante o chute de golfinho, suas pernas permanecem juntas em uma linha suave. As pernas se movem para cima e para baixo juntas, empurrando você para frente na água. Os calcanhares e as solas dos pés vão romper a superfície da água enquanto você chuta para cima. Você vai chutar para baixo quando seus braços reentrarem na água. 

A técnica de respiração do nado borboleta é semelhante à do nado peito. 
Nesse estilo é mais fácil respirar.
Para fazer isso corretamente, a técnica do nado exige que o nadador respire para a frente, mantendo a cabeça alta sobre a superfície da água. Ou seja, puxe o ar ao levantar a cabeça e expulse-o quando colocá-la dentro d’água.






Benefícios  

  • Funciona como uma excelente maneira de combinar um treino para os músculos do core e para a parte superior do corpo.
  • Este estilo de nado queima mais calorias. Para cada meia hora, você pode queimar cerca de 450 calorias.
  • Também melhora toda a flexibilidade do corpo.

Desvantagens

  • Os movimentos são complicados e difíceis de dominar.
  • Pode ser muito cansativo.



A natação é uma das melhores formas de manter um estilo de vida saudável, além de outros benefícios. Este artigo fornece uma visão geral dos estilos de natação mais comuns, juntamente com as vantagens que eles oferecem. Porém, lembre-se de começar devagar e com assistência de um treinador capacitado, pois para um nadador iniciante  pode ser perigoso tentar técnicas avançadas.